Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Admin
Mensagens : 175
Data de inscrição : 25/11/2017
Ver perfil do usuáriohttp://terturiumdigital.forumeiros.com

Re: Estradas Romanas

em Seg Abr 16, 2018 10:03 pm
* O capadócio sentia imensa dificuldade em caminhar pelo corredor de madeira que leva ao convés. A Nau entorta-se para a direita e a esquerda conforme as ondas revoltas se movimentam, com tanta violência que Appius escuta o açoitar das águas no casco do navio.

Ao chegar no convés, segurando-se onde pode, Appius nota que a tempestade é ainda mais assustadora do que os seus ouvidos indicavam. O céu negro parece desabar em grandes gotas que caem em uma velocidade impressionante. Pelo convés, já encharcado, desliza água, barris e marinheiros, que tentam segurar as amarras e baixar as velas, de um lado para o outro. Uma vela do mastro principal se rasga enquanto quatro homens puxam a corda na tentativa de baixá-la a tempo.

Em meio à tormenta, um homem chama a atenção do vampiro. Ele está logo acima do corredor que dá acesso ao convés, em um andar superior. Usa roupas escuras e um turbante negro que lhe cobre os cabelos. Sua pele é ligeiramente bronzeada e uma espécie de jóia dourada balança em sua orelha esquerda. Gritando com os homens no convés, ele instrui e abre uma disputa entre a força de seus pulmões e o barulho ensurdecedor dos trovões que se seguem*


- ABAIXEM A MALDITA VELA! VAMOS LOGO SEUS MACACOS DO MAR! NÃO DEIXARÃO QUE ALGUMAS LÁGRIMAS DOS DEUSES AFUNDEM ESTA BANHEIRA FLUTUANTE, DEIXARÃO?

- PUXEM COM FORÇA! É PARA ISSO QUE COLOCO COMIDA EM SUAS MESAS, SEUS FRACOTES!?


* Entre os gritos, ele salta de onde está caindo no meio do convés molhado e auxilia os homens  a segurarem a corda do mastro principal*

- PUXEM SEUS AMALDIÇOADOS! PUXEM!

* Um dos barris se choca contra um homem que é lançado ao mar, ele gargalha e continua gritando*

- VAMOS LOGO OU SE JUNTARÃO AO SENHOR MILLOR! COMIDA PARA OS TUBARÕES! HAHAHA!

* A torrente chuvosa não parece que vai cessar tão brevemente*
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/01/2018
Ver perfil do usuário

Re: Estradas Romanas

em Seg Abr 16, 2018 10:16 pm
*Appius sentia pouca, muito pouca afinidade com o mar. Tão pouca que na verdade não tinha a menor das intenções de passar o resto de sua eternidade adormecido no leito do oceano. Ele observa por alguns instantes o capitão extravagante enquanto se segura com dificuldade até decidir que, para os ares com o protocolo, melhor tomar alguma ação antes que acabasse afundando com todo o navio.*

*O Capadócio não era um homem forte, ao menos não depois que sofreu um ferimento quase fatal enquanto mortal, mas o sangue tornava tais questões irrelevantes. Ele sente a vitae poderosa de Dionysius pulsando dentro de si, fazendo dele mais ágil e forte do que qualquer um daqueles marujos poderia sonhar. Sem dizer nenhuma palavra, ele avança, sentindo uma nova confiança e equilíbrio em seus passos, até o lugar vazio deixado pelo homem que acabara de virar um sacrifício involuntário para Netuno, e agarra a corda segurada por ele antes, se esforçando com os outros marinheiros para a baixar a vela conforme o capitão tão insistentemente afirmava precisar.*


[Appius gasta 8 pontos de sangue, distribuindo igualmente entre Força e Destreza, ficando portanto com Força 6 e Destreza 7.]
avatar
Admin
Mensagens : 175
Data de inscrição : 25/11/2017
Ver perfil do usuáriohttp://terturiumdigital.forumeiros.com

Re: Estradas Romanas

em Seg Abr 16, 2018 10:34 pm
* O capadócio tensiona seus músculos e seu corpo se avoluma, não cresce em protuberância mas se torna rígido e a musculatura ganha um aspecto mais visível. Rapidamente, consegue avançar com grande destreza por entre as águas e barris a rolarem de um lado para o outro, graças à sua agilidade melhorada. Toma a corda em suas mãos e em um só puxar a vela desce velozmente, assim como os outros marujos sentem a corda passando por suas mãos.

O Capitão, um homem de meia idade e com uma barriga sobressalente, vendo aquela cena, grita em júbilo*


- PELAS BARBAS DE POSEIDON! DE ONDE SURGIU ESSE MALDITO HOMEM FORTE COMO UM TOURO!? ABENÇOADO SEJA...

* Um raio corta os céus e a claridade revela a aparência cadavérica de Appius, o Capitão segura-se na corda de tamanho susto*

- MALDITO SEJAS! O DESGRAÇADO VEIO DAS PROFUNDEZAS DO MAR PARA SALVAR ESTA BANHEIRA! DIGA-ME QUEM ÉS, HOMEM, SE ÉS UM MORTAL OU UM DEUS! QUEM SABE, ATÉ O PRÓPRIO POSEIDON ESTEJA AQUI ENTRE ESTES MACACOS DO MAR!

* Os outros homens, assustados mais com a presença de Galerius do que com a tempestade, se mantém observando e com um visível medo no olhar. Appius nota que nas últimas noites sua aparência tem chamado mais a atenção dos mortais do que de costume.*
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/01/2018
Ver perfil do usuário

Re: Estradas Romanas

em Seg Abr 16, 2018 10:49 pm
*O susto dos outros homens faz com que relaxem o aperto na corda, e como resultado Appius precisa segurar a corda com as duas mãos novamente, firmando os pés no convés. Ele responde ao capitão, sua voz soando curiosamente límpida em meio à tempestade.*

-Eu não sou deus algum, muito menos Netuno, capitão. Porém, seu irmão Plutão não gostaria de ver esse navio afundar e por isso me enviou!

*Fazendo mais um esforço, puxa a vela novamente, com a corda começando a escorregar em suas mãos.*

-E agora, vocês vão parar para ver o que há de errado com suas bençãos ou vão dar um jeito para que esse caixote flutue e não condene todos nós a uma tumba aquática?
avatar
Admin
Mensagens : 175
Data de inscrição : 25/11/2017
Ver perfil do usuáriohttp://terturiumdigital.forumeiros.com

Re: Estradas Romanas

em Seg Abr 16, 2018 10:54 pm
* O capitão ordena que os homens amarrem as cordas apropriadamente*

- VAMOS SEUS MACACOS DO MAR! NÃO PODEM VER UM HOMEM FEIO QUE JÁ SE AMEDRONTAM COMO AS PROSTITUTAS DO ORIENTE AO VEREM O TAMANHO DO MEU MEMBRO!? HAHAHA! PUXEM! PUXEM!

* Em pouco tempo e graças ao auxílio de Appius, os homens puxam e amarram as cordas. Com a vela baixa, o navio balança consideravelmente menos e o Capitão bate nos ombros de seus homens*

- AGORA SE ABRIGUEM! NÃO QUERO MARINHEIRO FAZENDO CORPO MOLE NO PRÓXIMO DIA!

* Ele se volta à Appius*

- Diga-me, meu bom homem com feições dos que já morreram, aceitas uma bebida para acalmar os nervos enquanto a tempestade não se vai!? Nada mais que justo que oferecer um pouco do hidromel que consegui nas terras do norte! Coisa fina! Talvez o ajude a recuperar a cor da pele! Hahaha!
avatar
Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/01/2018
Ver perfil do usuário

Re: Estradas Romanas

em Seg Abr 16, 2018 11:16 pm
*Appius acompanha o capitão até um abrigo contra a chuva, agora que o navio estava estabilizado. Ao ouvir o homem, dá um sorriso fraco.*

-Eu agradeço a oferta, bom homem, mas vivo sob um voto sagrado, não bebo álcool. E não se incomode com minha aparência. Os cristãos falam em estigmas de seu deus torturado e mutilado, não? Da mesma forma, fui abençoado por Plutão com a aparência de um de seus súditos. Pense nisso como eu: uma benção, e um sinal para melhor servir ao meu deus.

-Porém, também devo agradecer sua diligência, capitão. Tenho certeza de que chegaremos à Tessalônica sãos e salvos graças aos seus bons serviços. Quanto tempo diria que ainda temos de viagem? E a que horas do dia aportaremos?
Conteúdo patrocinado

Re: Estradas Romanas

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum