Compartilhe
Ir em baixo
avatar
Mensagens : 16
Data de inscrição : 25/11/2017
Ver perfil do usuário

[Nico] Sangue e Aço

em Seg Dez 11, 2017 4:12 pm


*Através da pequena janela do quarto, era possível ver que o Sol desaparecia no horizonte e a noite ia assumindo o comando do ceu.

O ambiente não era grande. Havia um armário mediano e um criado-mudo, além da cama. No apartamento como um todo, a cozinha e a sala eram quase inseparáveis, enquanto o banheiro era apertado. Felizmente, não ficaria neste espaço por muitos dias.

O celular vibra, anunciando a chegada de uma mensagem. O número é restrito, mas neste ramo é algo comum.

Já haviam semanas que Nicholas não recebia um novo alvo. Talvez, quase um mês.*
avatar
Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/12/2017
Ver perfil do usuário

Re: [Nico] Sangue e Aço

em Seg Dez 11, 2017 9:46 pm
* O homem alto, com cabelos na altura do pescoço e barba cerrada, observava a cidade e seus transeuntes através da janela. Caminhavam como animais, indo e vindo, presos em um imenso zoológico friamente arquitetado. O mais inquietante é que sequer sabiam de sua prisão e submissão eterna.

Ele, no entanto, sabia.

Enrolado apenas em uma toalha, caminhou até a cama ao ouvir o celular pré-pago e descartável vibrar. Antes mesmo de ler a mensagem, abriu o armário e escolheu um dos ternos pretos. Vestiu-se, pegou a maleta abaixo da cama e a abriu, pôs-se a desmontar e limpar as armas cuidadosamente. Após montá-las e carregá-las, duas pistolas 9mm e uma calibre 45,  ajustou os silenciadores e as guardou nos coldres presos abaixo do paletó e nas costas. Um quarto revolver portátil foi colocado em um suporte na meia esquerda.

Pegou o celular e caminhou até o banheiro. Olhou-se no espelho. Aquela face comum e ao mesmo tempo irreconhecível. Sorriu.*


"Este rosto é deprimente, frágil. É irritante depender disso, mas é igualmente prazeroso destruí-lo por dentro com sua própria criação."

* Clica em mensagens e lê o conteúdo*
avatar
Mensagens : 16
Data de inscrição : 25/11/2017
Ver perfil do usuário

Re: [Nico] Sangue e Aço

em Qui Dez 14, 2017 1:09 pm
*Enquanto preparava suas ferramentas de trabalho, uma leve garoa começa. O profundo conhecimento sobre armas faz com que o processo seja mais rápido do que a maioria das pessoas conseguiria realizar.

Conforme caminha rumo ao banheiro, o Demônio sente uma sensação estranha. Não conseguia definir exatamente o que. Lembrava uma síntese de ódio, desapego e depressão, profundo mas não intenso. Mais uma sensação do que um sentimento. Apenas sentiu algo semelhante - mas diferente - quando Caiu.

A mensagem no celular é breve.*

- Encomenda.

*Normalmente, alvos menores são repassados a distância, muitas vezes por meios eletrônicos, mas quando são "importantes", a Organização costuma exigir que o agente compareça em sua sede mais próxima para maiores informações.*
avatar
Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/12/2017
Ver perfil do usuário

Re: [Nico] Sangue e Aço

em Sab Dez 16, 2017 11:33 am
* Levou a mão à face ao sentir e revivenciar a experiência do Cair, mesmo que de forma mais leve*

- Mas o que? Que merda é essa?

* Olhou-se no espelho e jogou água no rosto*

- Já estou falando como eles...me tornei tão patético?

* Balbuciava para si mesmo. Ao ler a mensagem no celular, preparou-se com mais empenho. Pegou a maleta com o rifle de precisão desmontado e colocou duas facas sob as bainhas escondidas nas mangas do terno. O alvo era grande, a diversão também seria.

Desceu até  a garagem em busca de seu Mustang 1967 Shelby GT prata e rasgou as ruas em direção a Catedral Católica de fachada da Organização na cidade,  com o potente ronco do motor v6. Fez desvios e paradas em cafés, cruzou ruas que não precisava e avaliou se alguém o seguia, como de praxe. Sua mente vagava pela sensação perturbadora.*


" O que significa?..."
avatar
Mensagens : 16
Data de inscrição : 25/11/2017
Ver perfil do usuário

Re: [Nico] Sangue e Aço

em Sex Dez 29, 2017 11:15 am
*Nico seguia a seu destino enquanto seus pensamentos não conseguiam se distanciar do que passara. Não havia durado muito, mas o impacto havia sido grande.

Faltavam uns 5 minutos para chegar ao seu destino, quando o seu celular começa a tocar. A chamada não estava identificada. Por um leve instante a sensação volta, mas de forma bem mais leve do que anteriormente.

À distância, Nico percebe um longo congestionamento de carros se formando, com grandes chances de ficar preso nele.*
avatar
Mensagens : 4
Data de inscrição : 08/12/2017
Ver perfil do usuário

Re: [Nico] Sangue e Aço

em Ter Fev 13, 2018 9:56 am
* Inquieto, o Caído rasgava as ruas e  ao ver o congestionamento tentou buscar outro caminho, como ruas transversais ou retornos. A sensação retorna, fraca mas ainda presente e incômoda.*

- Mas que porra!?

* Sussurava enquanto acendia um cigarro. O telefone toca, chamada não identificada, atendeu displicentemente com seus pensamentos voltados para as recentes sensações*

- Prossiga.
Conteúdo patrocinado

Re: [Nico] Sangue e Aço

Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum